Diante da injustiça, a covardia se veste de silêncio (Julio Ortega) - frase do blog http://www.findelmaltratoanimal.blogspot.com/

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Regulamento de Porto não diz claramente sobre exportação de animais vivos





Uma operação de grandes proporções está sendo efetivada desde a noite de quarta-feira (29), onde cerca de 27 mil bezerros estão sendo transportados do interior paulista ao porto de Santos. A viagem inicial de cerca de 600km está sendo feita em 300 viagens de carretas preparadas para transportes de animais.

Segundo um caminhoneiro responsável pelo transporte que não quis se identificar, esses bois já enfrentaram antes uma outra viagem que os levaram do Sul do País ao interior Paulista onde ficaram em quarentena e agora foram enviados ao porto de Santos para então, enfrentarem quase 6 mil milhas náuticas que são cerca de 11 mil km até chegarem a Turquia.
Desde quarta-feira (29) o cais de Santos passou a receber cerca de 3 caminhões por hora com em média 90 animais cada.

domingo, 12 de novembro de 2017

Em meio ao ódio, é urgente 're-entender' o Brasil

Por Mônica Francisco, Jornal do Brasil

Esta semana tive a certeza de que é urgente "re-entender" o Brasil e mais ainda o Brasil deste momento. Entender o ódio ao que nem se sabe direito o que é, como no caso da filósofa norte-americana Judith Butler (me pergunto quantas daquelas pessoas que tiveram tempo ocioso para irem ao aeroporto gritar palavras de ódio sabiam realmente no que estavam mirando).
Entender como podemos tratar com tanta condescendência a violência contra mulheres e meninas. Os números alarmantes de estupros e assassinatos não conseguiram produzir o efeito que tanto esperamos, a redução drástica do número absurdo dessas violências.

sábado, 11 de novembro de 2017

Os animais, portadores de direitos

Ilustração: Kim Wang
Por Leonardo Boff, Jornal do Brasil

A aceitação ou não da dignidade dos animais depende do paradigma (visão do mundo e valores) que cada um assume. Há dois paradigmas que vêm da mais alta antiguidade e que perduram até hoje.
O primeiro entende o ser humano como parte da natureza e junto dela, um convidado a mais a participar da imensa comunidade de vida que existe já há 3,8 bilhões de anos. Quando a Terra estava praticamente pronta com toda sua biodiversidade, irrompemos nós no cenário da evolução como um membro a mais da natureza.  Seguramente dotados com uma singularidade, a de ter a capacidade de sentir,pensar, amar e cuidar. Isso não nos dá o direito de nos julgar donos dessa realidade que nos antecedeu e que criou as condições para que surgíssemos. A culminância da evolução se deu com o surgimento da vida e não com o ser humano. A vida humana é um sub-capítulo do capítulo maior da vida.

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Oficinas da Conceição Trucom no RJ

Por Cynthia Brant

Venha conhecer a autora do site Doce Limão e escritora de diversos livros sobre o estilo de vida natural. Pesquisadora nata, vem ao RJ compartilhar suas últimas descobertas, receitas da culinária viva e dicas de beleza natural. Imperdível, oportunidade única! A programação está incrível: 

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

São Paulo: 29 de outubro de 2017



Domingo das 12h00 às 20h00

Rua Joaquim Távora, 605, Vila Mariana, São Paulo-SP

Campinas: de 24 a 28 de outubro de 2017


Semana das Bruxas na Conveniência Vegana!

Venha degustar as delícias que nós preparamos para vocês!

- Lanche de Hambúrguer de Feijão Preto
- Dedinhos de Biscoitos Doces
- Múmias de Salsicha
- Sucos de Uva e Melancia
- Pastéis de Soja, Queijo, Brócolis, Linguiça e Jaca.
- Doces típicos preparados pela “Grãos de Luz"

Data: 24 a 28 de Outubro

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

A carreira d@ chef e educador(a) em culinária viva

23 e 24 de setembro: Curso intensivo de culinária ayurvédica presencial



Pela 1ª vez no RJ, Tiago Namaste em curso intensivo de culinária ayurvédica presencial!


Através das vivências dos sabores, você irá aprender como se alimentar melhor de acordo com a sua singularidade, com os desequilíbrios presentes e com as estações do ano. Aulas teóricas e práticas, com degustação de todas as receitas ensinadas.

Programa:

domingo, 13 de agosto de 2017

Eventos veganos: 20 e 26 de agosto


"Dia 20 de agosto, homenageando o Dia do Folclore Nacional (22 de agosto), realizaremos o Festival Folclórico Vegano JMA J'adore mes amis – Em defesa da Fauna e da Flora! 

Venha experimentar versões veganas de comidas típicas regionais, assistir palestras, participar de oficinas e terapias corporais, narração de histórias e muito mais!"

Domingo às 12:00 - 20:00
Rua Joaquim Távora, 605, Vila Mariana, São Paulo - SP, 04015-011, Brasil






sábado, 8 de julho de 2017

O CORREDOR (versão 1) - Eline Bélier e Maga Lee



Publicado em 4 de jul de 2017
Clipe da canção O Corredor ©

Sous-titres en français, subtitles in English, subtítulos en español, subtitoloj en Esperanto, legendas em português (clique no ícone "detalhes" na barra do vídeo para ativar)

Música: Eline Bélier
Letra: Maga Lee
Intérpretes: Eline Bélier e Maga Lee

Gravada no DB Estúdio, Guarulhos/SP - http://www.dbestudio.com/

Animação: Leandro Franco - https://www.facebook.com/leandro.fran...

Roteiro: Eline Bélier e Maga Lee

Ouça também em https://soundcloud.com/eline-b-lier/o...

facebook.com/elinebelier
facebook.com/magali.narcisofortes

O Corredor

No corredor da inconsciência corre a dor
Processo sucessório do reboque
No corredor há violência e torpor
Da alma cuja mão desfere o choque

No final do corredor há uma sentença
Que se cumpre no transpor de uma porta
No final do corredor há uma licença
Pra que a vida em agonia seja morta

O corredor da conivência é bem seguro
Concreta construção, concreta escravidão
O corredor da prepotência é tão escuro
Antítese de amor e compaixão

Pela densa arquitetura do deus ego
Passa boi e passa toda uma boiada
Tristes réus de um horizonte cego
Onde a vida que suplica vale nada

Do senciente reticente e impotente
A acústica do muro abafa o choro
Alienação sempre tão conveniente
Ao processo tão oculto do decoro

No fim do corredor tinha uma porta
Que para o holocausto se abriria
Depois daquela porta, carne morta
Que a fome do especismo nutriria

sábado, 24 de junho de 2017

EU MAIOR (Higher Self)



SINOPSE E DETALHES

O documentário é uma reflexão coletiva através de entrevistas com pessoas de diferentes áreas de atuação, incluindo atores, líderes espirituais e teóricos, sobre questões da sociedade contemporânea e a busca pela felicidade. Visando o exercício de autoconhecimento, os entrevistados dão depoimentos sobre impressões pessoais de conceitos enraizados na sociedade.

quarta-feira, 21 de junho de 2017

1º Arraiá Veg em Ribeirão Preto/SP


Ribeirão Preto: 1º Arraiá Veg

24 junho
Sábado, das 17h00 às 23h59
Estádio do Comercial - Av. Dr. Plínio de Castro Prado, 1000 - Jardim Paulista, Ribeirão Preto

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Festa Junina Vegana na Avenida Paulista

quarta-feira, 31 de maio de 2017

2º Encontro Vegano JMA em Taubaté



Exposição e venda de produtos veganos - alimentação; artesanato; cosméticos; ração para cães e gatos; camisetas; acessórios; tudo livre de exploração animal! 

 Dia 3 de junho – sábado
 Das 10h às 22h
 Taubaté Shopping - Av. Charles Schnneider, 1700 - Vila Costa, Taubaté/SP

domingo, 28 de maio de 2017

2 mil livros sobre bioconstrução, permacultura e agroecologia para baixar gratuitamente

Por Ciclo Vivo

Esta é talvez a maior biblioteca digital com os assuntos mais variados encontrados em um só lugar.

Jardinagem, horta, apicultura, reciclagem, agroecologia, permacultura, bioconstrução e vida sustentável. Estes são alguns dos temas tratados em um compilado de manuais práticos e gratuitos reunidos pela plataforma espanhola Ideas Verdes.
O CicloVivo sempre disponibiliza cartilhas e manuais gratuitos sobre os mais diversos temas relacionados à sustentabilidade. Esta no entanto é talvez a maior biblioteca digital com os assuntos mais variados encontrados em um só lugar.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Dia 23 de abril: churrasco vegano com samba em Santos

Por Olhar Animal

Próximo domingo (23) será dia de churrasco, samba e pagode – mas não um churrasco qualquer! A 1ª Churrascada Sem Carne, promovida pelo Caiçara Vegan Fest, terá música ao vivo, comidas e artigos diversos sem nada de origem animal, oficinas e muita informação. O evento será no Clube AFC, das 11h às 20h, e a entrada é gratuita!

sexta-feira, 31 de março de 2017

Cynthia Brant traz Ana Castro e sua pesquisa com fermentados para o RJ

O mundo dos fermentados é singular. Ser um fermentador é entender a natureza na mais pura sutileza, entender que para ser feliz só se precisa de práticas de bem estar. Essas oficinas irão ensinar métodos de fermentação probióticas, para uma mente ampla e iluminada.

08/04 (sáb, 16 às 19h): Legumes e Molhos fermentados
 
Serão ensinados métodos de cruzimento, dicas de fermentação anaeróbica, airlok, tempo correto de cada fermentação. Receitas: Kvass de cenoura com laranja, Caponata fermentada, Biomassa de mandioca, ketchup, mostarda, molho de pimenta
 
09/04 (dom, 10 às 13h): Pães de fermentação natural
 
Serão ensinados na oficina métodos de dobra, sova, descanso, levain passo a passo (com e sem glúten), temperatura do forno e suas nuances, Tipos de farinhas, o temido e odiado glúten (mito ou verdade), farinhas importadas e nacionais.
Receitas: Pão rústico tradicional, Pão preto tradicional, Pão de grãos sem glúten, levain com e sem glúten.


Ana Castro é vegetariana desde os 15 anos, crudvegana há 3 anos, facilitadora da alimentação viva e crua, estudiosa da fermentação selvagem, professora de Hatha Yoga, estudante de Ayurveda com o Dr Ruguê.

Valores: R$240,00 cada aula ou R$ 400,00 o pacote com 2 dias

Local: bairro do Jardim Botanico/RJ (endereço será enviado aos inscritos)

Inscrição apenas mediante depósito antecipado no Bradesco

Informações e inscrições brotandoemcasa@gmail.com ou cel/zap (21) 995909619 (Cynthia)

sábado, 25 de março de 2017

Governo oculta nomes que poderiam estar na "lista suja" do trabalho escravo


Após decisão judicial obrigando o governo federal a divulgar a ''lista suja'' do trabalho escravo, o Ministério do Trabalho publicou, em seu site, uma lista com 85 empregadores na noite desta quinta (23). Duas horas depois, retirou 17 deles, deixando uma relação com 68 nomes para consulta pública e afirmando que um erro havia sido cometido. Contudo, a análise do trâmite dos autos de infração mostrou que, ao menos, parte deles já estaria apta a constar da lista. O que contraria a afirmação do ministério.
A justificativa oficial fornecida pelo Ministério do Trabalho a este blog, na noite do dia 23 e confirmada na tarde do dia 24, para a exclusão foi de que houve um erro por parte da instituição, uma vez que essas 17 pessoas e empresas não teriam esgotado ainda os recursos a que têm direito na esfera administrativa – situação necessária para a inclusão de empregadores no cadastro de acordo com a portaria que prevê seu funcionamento. A versão original foi ao ar às 19h17, desta quinta (23), e a segunda versão, às 21h32.

quarta-feira, 8 de março de 2017

Encontro Vegano JMA J'adore mes amis, em São Paulo



"Diante do cenário de violência e crueldade humana que vivenciamos na atualidade, este evento traz a proposta de difundir a Paz e o Veganismo de forma respeitosa.
Convidamos todos a participar de nossa manifestação de Paz!

No evento haverá palestras; oficinas; terapias corporais; exposição e venda de produtos veganos; alimentação; feirinha de hortifruti orgânicos; cidadania; moda; adoção consciente de animais; participação de ONGs e protetores e muito mais!

Todas as atividades são GRATUITAS para o público e ENTRADA FRANCA"

Encontro Vegano JMA J'adore mes amisEncontro Vegano da Paz JMA J'dore mes amis


Domingo às 12h00 às 20h00
Rua Joaquim Távora, 605, São Paulo - SP

Sugestão de como plantar e colher batatas

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Por defesa de indígenas, Imperatriz Leopoldinense atrai a ira do agronegócio

Por Ingrid Matuoka - CartaCapital

Escola enfrenta críticas de parte do agronegócio por homenagear povos do Xingu; para carnavalesco, ameaças aos índios são parte importante da história brasileira


“O índio luta pela sua terra, da Imperatriz vem o seu grito de guerra! Salve o verde do Xingu”, diz o samba-enredo da Imperatriz Leopoldinense, preparado para o Carnaval deste ano no Rio de Janeiro.

O tema “Xingu, o clamor que vem da floresta" foi criado pelo carnavalesco Cahê Rodrigues, 40, que trabalha há 5 anos com a escola, com o intuito de homenagear os indígenas da região e sua luta pela preservação da floresta e de sua cultura.